Que tem por monumento as pedras pisadas do cais.

Tanto minha última escala grega quanto minha primeira escala turca foram escolhas práticas e eu provavelmente não teria passado por elas se não estivessem “no caminho”.
Nove horas de navio me levaram de Santorini para Rhodes. Passada uma semana desde que deixei a ilha, eu ainda não sei como me sinto sobre ela. A Cidade Velha tem seu charme e eu adorei passear pelo porto, apreciar moinhos de vento e tentar imaginar como seria chegar a cidade alguns milhares de anos atrás e ter o Colosso de Rhodes me recepcionando. Também a cidade de Lindos é um prazer para se passar o tempo, com suas casas e suas ladeiras e suas mulas (que só estão lá para os turistas, mas ainda assim) e tem a praia mais bela da ilha. Mas talvez por eu já ter passado por cidades gregas mais encantadoras, talvez por estarmos chegando ao fim da alta temporada e muitas lojas começarem a fechar suas portas, talvez por que a meteorologia não tenha sido muito generosa e as temperaturas tenham caído um pouco, talvez por tudo isso junto, eu não sinto que tirei o melhor proveito do lugar. Também por ser uma das maiores ilhas da Grécia, eu simplesmente não me sentia numa ilha. Minhas escalas anteriores davam essa sensação gostosa de estar isolado, circundado por oceano. Rhodes não me passou o mesmo sentimento.
Tanto é que bastou uma hora em outra ferry para chegar a Marmaris, no litoral da Turquia. Minha intenção original era visitar Fethiye ou Kas, mas o fim da alta temporada rareava as opções de rotas entre Grécia e Turquia. Por sua localização, Marmaris tem ares de cidade pequena e, dependendo de para que lado se olha, você se sente numa cidade praieira, com seu porto, praia, palmeiras e barcos atravessando a baia, ou se sente numa vila entre as montanhas. Eu só fiquei lá pelo tempo suficiente para organizar meus planos turcos, arranjar passagens de ônibus, reservas em hosteis e etc., mas foi um bom lugar para meu primeiro contato com o país e, embora uma cidade turística, abandonar o euro também significou uma queda nos preços de tudo a minha volta.
Sem mais motivos para me demorar em Marmaris, eu segui para Pamukkale.

3 opiniões sobre “Que tem por monumento as pedras pisadas do cais.

  1. Continue a sua caminhada, nesse momento na Turquia. Sei que tem lindos tapetes, se poder fotografar alguns com medidas de +/- 2.00m x 1.50, manda as fotos para o seu blog, e avisa através do face, converte o valor em reais, pois se não for muito complicado, você me indica uma c/c eu deposito o valor, que peço incluir também, as despesas do despacho para o Brasil, e se pago algum imposto quando aqui chegar. Se não atrapalhar você, ficarei agradecida. Beijo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s